Poesia - De qual lado você está?"
11/07/2016 14:45 em Cultura

Mandei lembranças ao meu desejo de vingança.

Querer a morte não é mais sensato.

Sensato é viver com medo de morrer.

Sensato é viver omitindo desprazer.

E de tanto se esconder, ser só, mesmo consigo.

Não consigo mais viver assim (ou assado).

Ter que ter sempre um lar (ou um lado).

Ou saber disfarçar bem disfarçado.

Ser sempre vítima desse tal fado.

Chegar no horário, ser um ser bem apessoado.

Honrar a moral e os bons costumes.

Ser dura, não sentir ciúmes.

Ser de tal jeito, beijar o prefeito.

Exigir respeito, praticando preconceito.

Omitir meus defeitos (ou qualidades).

Quero que quando a tenra idade chegue, ainda tenha sensibilidade.

Enxergue o mundo do meu modo.

Tenha a ânsia (ou a confiança) para ser desprendida e não repreendida.

- - - - - - > Letícia Cristina Trevizano

Quarto período de Psicologia FAGOC UBÁ

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE