Ubá-MG: Comunicado Oficial 251 - COVID/19
20/11/2020 16:58 em UBÁ EM PAUTA

Em 20/11/2020 às 16:34 - Matéria nos enviada por email

Por Comunicação Social - Prefeitura Municipal de Ubá-MG

A imagem da capa do site Multisom é meramente ilustrativa e foi retirada de arquivos da internet/Google

 

Segue atualização do Boletim COVID-19.  

Comunicado Oficial 251 - COVID/19.

 

Em razão da Pandemia de COVID-19, a Prefeitura de Ubá atualiza as informações em relação às medidas tomadas e ao quadro da doença na cidade até o presente momento.

 

- Total de casos confirmados: 2497

(Soma dos casos confirmados de COVID-19 em pacientes residentes em Ubá)

 

- Casos confirmados em acompanhamento: 218

(casos confirmados de COVID-19 cuja condição clínica permanece sendo acompanhada)

 

- Casos recuperados: 2210

(casos confirmados de COVID-19 que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de 10 dias sem intercorrências e estão há, no mínimo, 72 horas assintomáticos e sem a utilização de medicamentos.)

 

- Óbitos confirmados: 69

 

- Óbitos suspeitos/investigados: 0

(soma dos casos de pacientes com suspeita de COVID-19 que vieram a óbito, cujo resultado do exame ainda é aguardado.)

 

- Casos Notificados: 11.302

(total de casos analisados, dentre monitorados, confirmados e descartados desde 15/03/20)

 

- Casos em monitoramento por síndrome gripal: 5722

(casos de pacientes monitorados com síndrome gripais que não se enquadram para coleta do teste)

 

- Casos em investigação: 152

(casos suspeitos de pacientes aguardando resultado do teste.)

 

- Pacientes internados em leito clínico: 4

(pacientes com caso suspeito ou confirmado de COVID-19 que encontram-se internados em leito clínico de isolamento.)

 

- Pacientes internados em leito de UTI: 8

(pacientes com caso suspeito ou confirmado de COVID-19 que encontram-se internados em leito de UTI.)

 

- Pacientes internados na Unidade de Atendimento Municipal COVID: 0

(pacientes com caso confirmado de COVID-19 que encontram-se acolhidos na Unidade de Atendimento Municipal COVID/Casa de Oração.)

 

Sobre os novos casos confirmados (30):

Pacientes do sexo feminino:

Faixa etária de 20 a 25 anos de idade: 2

Faixa etária de 25 a 30 anos de idade: 2   

Faixa etária de 30 a 35 anos de idade: 2      

Faixa etária de 35 a 40 anos de idade: 3     

Faixa etária de 45 a 50 anos de idade: 7

Faixa etária de 50 a 55 anos de idade: 1   

 

Pacientes do sexo masculino:

Faixa etária de 15 a 20 anos de idade: 2  

Faixa etária de 25 a 30 anos de idade: 2

Faixa etária de 30 a 35 anos de idade: 1

Faixa etária de 35 a 40 anos de idade: 2

Faixa etária de 40 a 45 anos de idade: 2

Faixa etária de 45 a 50 anos de idade: 1 

Faixa etária de 50 a 55 anos de idade: 1     

Faixa etária de 55 a 60 anos de idade: 1    

Faixa etária de 65 a 70 anos de idade: 1     

  

Sobre o novo óbito:

69º óbito: Paciente do sexo feminino, faixa etária de 55 a 60 anos de idade. Internado em 28/10, sem comorbidades. Óbito em 19/11.

 

Sobre o Minas Consciente

Macro Sudeste e Microrregião de Ubá regridem para onda amarela do Minas Consciente

 

Conforme orientação do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coes Covid-19), devido ao aumento da incidência da Covid-19 nos últimos 14 dias em Minas Gerais, tanto a macro quanto a microrregião de Saúde de Ubá tiveram indicação para regredir para a Onda Amarela do Programa Minas Consciente. A decisão foi anunciada durante deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19, nesta quarta-feira (18/11).

 

Apesar de ter recebido indicação para onda verde nas últimas semanas, o município de Ubá manteve-se preventivamente na onda amarela visando alcançar uma estabilização antes de progredir de onda. Entretanto, diante do novo cenário, a cidade adia os planos de progredir de onda e mantém-se na onda atual (amarela).

 

A partir desta sexta-feira (20/11), a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde e da Unidade Integrada de Fiscalização, realiza uma rodada de reuniões com representantes de bares e restaurante, de igrejas, de supermercados e mercados, de academias e de outros segmentos enquadrados na onda amarela. A ação tem como objetivo repassar a situação epidemiológica do município e reforçar a importância da manutenção dos cuidados preventivos contra o coronavírus e da adoção dos protocolos de funcionamento do Minas Consciente.

 

Segundo a Secretária de Saúde de Ubá, Dulcinea Thinassi Perini, as próximas duas semanas são de extrema importância para frear a taxa de contágio da Covid-19, por isso é fundamental que toda a população ubaense participe das ações de controle, com o uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento social.

 

"Nossa preocupação se deve ao que já estamos observando em várias regiões do estado de Minas Gerais e também na nossa macro e microrregião, com destaque para Juiz de Fora e Muriaé, que é o aumento significativo de casos da Covid-19 e uma ocupação, próxima do limite, dos leitos Covid-19 e também dos leitos gerais. Para evitar que isso também ocorra em Ubá, precisamos do apoio da população e dos estabelecimentos comerciais, igrejas e academias, para sejam parceiros na adoção de medidas que possam minimizar os impactos dessa doença nos próximos dias, já que a tendência demonstrada pelos dados epidemiológicos mais recentes aponta para uma nova onda da doença, para um número crescente de casos com complicações. Assim, com a colaboração de todos, não será necessário retroceder para uma fase ainda mais restritiva", afirmou a Secretária.

 

Fiscalização

Para denúncias: Unidade Integrada de Fiscalização recebe e atende as demandas de denúncias somente online, através do endereço www.uba.mg.gov.br/ouvidoria

 

Orientações à comunidade

Façam distanciamento social, através de isolamento domiciliar. Atenção redobrada aos pacientes do grupo de risco.

 

Se você apresenta sintomas de síndrome gripal, caracterizados por sensação febril ou febre, acompanhada de tosse OU dor de garganta OU coriza OU dificuldade respiratória procure a Unidade Básica a Saúde do seu bairro (segunda a sexta, de 7h às 16h) ou um dos Pronto Atendimentos Municipais 24h, instalados no Hospital São Vicente de Paulo e no Hospital Santa Isabel. É obrigatório o uso de máscara ao sair de casa.

 

Em caso de sintomas leves: Informe o setor de Epidemiologia ou a Unidade de Saúde mais próxima, permaneça em casa por 14 dias, siga rigorosamente todas as orientações de higiene, não receba visitas, faça repouso, beba bastante água, evite permanecer em ambientes compartilhados da casa, como cozinha/ sala de estar, use máscara. O contato deve ser feito através da Central de Atendimento Covid-19, que atende a população por meio dos números 3531-9236 e 3531-6496 (todos os dias, de 7h às 19h) ou pelo whatsapp 3301-6503 e 3301-6508.

covid 20.11.jpgcovid 20.11.jpg~1.2 MBBaixar

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE