Ubá promove ações e grupos de combate ao tabagismo
01/09/2017 - 10h55 em UBÁ EM PALTA

Por Assessoria de Comunicação da PMU - Publicado em 31/08/2017 08:43 - Atualizado em 31/08/2017 12:59

 

combate ao fumo

 

 

Com o objetivo de conscientizar e mobilizar a população quanto aos riscos à saúde relacionados ao uso do cigarro, foi instituído em 1986, pela lei nº 7488, o dia 29 de agosto como o Dia Nacional de Combate ao Fumo.

No município, as ações de combate ao Tabagismo ocorrem através de campanhas de conscientização promovidas pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS), pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e pela Policlínica, com atuação dos Grupos de Combate ao Tabagismo, através do apoio de profissionais da Secretaria Municipal da Saúde, oferecendo uma oportunidade aos interessados em cessar com o uso do cigarro.

De acordo com o gerente da Divisão e Assistência em Saúde, Fábio Ribas o principal objetivo do programa é "reduzir a prevalência de fumantes e a morbimortalidade relacionada ao consumo de derivados do tabaco”.

O cidadão que desejar parar de fumar pode procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência ou a Policlínica.

 

Maior causador de mortes evitáveis no mundo

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o tabagismo é considerado o maior causador de mortes evitáveis no mundo. A organização estima que cerca de um terço da população mundial, ou seja, dois milhões de pessoas de pessoas sejam usuárias de tabaco.

O Ministério da Saúde também avalia que o tabagismo está relacionado a mais de 50 doenças sendo responsável por 30% das mortes por câncer de boca, 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% das mortes por doença do coração, 85% das mortes por bronquite e enfisema, 25% das mortes por derrame cerebral.

Todo ano mais de cinco milhões de pessoas morrem no mundo por causa do cigarro, informa a OMS.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE